quinta-feira, 29 de dezembro de 2011

O que é ROI em comunicação?

Deixe um comentário

Oi Pessoal! E a vida como está?


Quando estava na graduação me identificava com as disciplinas que tinham cálculo, estatística e pesquisa. Identificava-me também com os temas sobre marca, posicionamento. Mas, as matérias foram bem superficiais e acabei não me aprofundando.

Há um tempo escrevi um post que tratava de responsabilidade interna e a problemática que os comunicadores têm dentro de boa parte das instituições por não serem considerados um setor estratégico e como agir para que fosse respeitado como profissional e ser humana.

O que isso tem haver com ROI? Muita coisa. Os setores de comunicação dentro das instituições não tem se posicionado como um setor estratégico e planejado. Muitas vezes trabalha como tarefeiro, faz um release aqui, uma peça gráfica ali. Mas, cadê as estratégias? Quais são os objetivos? As metas foram alcançadas? O que foi positivo? O que foi negativo? Quais os resultados obtidos? Tudo isso perpassa a mensuração do Retorno sobre Investimento.

ROI é a sigla anglo-saxônica para Return on Investment, traduzindo: Retorno sobre Investimento. O ROI é a relação entre o dinheiro ganho ou dinheiro perdido através de um investimento, e o montante de dinheiro investido.

Em finanças existem três formulações possíveis de taxa de retorno, através do retorno efetivo, retorno exigido e retorno previsto. O retorno efetivo serve como medida de avaliação do desempenho de um investimento, o retorno previsto serve como medida ante o desempenho de um investimento, que é a sua taxa implícita, aquela que iguala o valor do investimento do seu preço ou custo.

Na publicidade temos como definição de que ROI é a relação do custo de campanhas de publicidade com o lucro gerado por conversões (vendas, fidelização de clientes, marca). Assim, o ROI indica o valor ganho por sua empresa em relação ao custo de sua campanha de publicidade.

No entanto, essa definição é muito simplista e não retrata toda a verdade sobre a mensuração de ROI em comunicação, que vai além do tangível, do número que é calculado.
Para entender melhor ROI vamos assistir esse dois vídeos que tratam do assunto. O primeiro é um edição do Desenrola! que discutiu com alguns estudantes o ROI




O segundo vídeo é a entrevista completa com Rafael Sampaio, vice-presidente executivo da Associação Brasileira de Anunciantes (ABA). Ele explica os pormenores sobre ROI e porque ele pode ser o melhor sonho ou o pior pesadelo do anunciante.






Como assistimos as instituições, mesmo aquelas que são públicas, sobrevivem dos resultados que obtém no mercado ou de suas imagens com o consumidor final. Então os comunicadores precisam se atentar que toda empresa quer saber o que está ganhando ou perdendo quando investe em comunicação. E isso é o ROI!

Temos então que quebrar o paradigma de que é impossível mensurar a comunicação (principalmente quando falamos de internet, mídias sociais, etc.) e começar a desenvolver índices que nos forneçam dados que norteiem os nossos esforços de mídia. Sobre esse assunto agora, vamos assistir a um vídeo com Diego Senise. Que domina brilhantemente o assunto, pois foi o tema do seu trabalho de conclusão de curso. Ele ainda é uma dos autores do livro: ROI em Comunicação: Avaliação e Mensuração.



Espero que tenham gostado do assunto! Sei que foi corrida a explicação, mas agora vou me debruçar na monografia do Diego Senise e depois volto com mais detalhes. Ah! Quem quiser fazer o download do arquivo está disponível no site InComMetric.

Até +

_____________________

Fonte:
http://www.osignificado.com.br/roi/
http://www.incommetrics.com/?p=462
Imagem: SENISE, Diego dos Santos Vega. Mensuração de Retorno de Investimento em Comunicação: Teoria e Prática – São Paulo, 2009. XCV. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Comunicação Social – habilitação em Publicidade e Propaganda. Escola de Comunicação e Artes USP, 2009).