Header Ads

Breaking News
recent

História da Propaganda I – O que é propaganda?

Meu Povo!



Há praticamente um ano, iniciei um curso sobre Projeto Gráfico online pelo site Oficina do Código – recomendo o curso! Agora estou refazendo e gostaria de deixar registrado aqui.

O que me deixou decepcionada na época é que o curso iniciava relembrando os momentos históricos da propaganda brasileira. Na hora eu pensei no meu curso de publicidade só vi isso, já tenho essas informações na ponta da língua. Só depois notei a importância do recorte histórico da propaganda para então adentrar os detalhes de como desenvolver um Projeto Gráfico, do Design.

Como não posso disponibilizar o material do curso, fiz uma pesquisa sobre a história da propaganda no Mundo e no Brasil e uma pesquisa sobre os cartazes na propaganda, e vou criar uma “série” sobre a História da Propagando. Serão nove posts: 
  • O que é propaganda?
  • Qual a diferença entre Publicidade e Propaganda?
  • A propaganda no Mundo
  • A propaganda no Brasil
  • Tipos de Propaganda e Publicidade
  • A importância do Cartaz na Propaganda
  • A Propaganda Radiofônica e Televisiva
  • Campanhas que marcaram suas épocas
  • As regras de publicidade nos órgãos públicos

Assim, em nosso primeiro post sobre a história da propaganda vamos conceituar. O que é propaganda? Como ela nasceu? Vamos Lá!

O que é propaganda?

Segundo a Wikipédia, a palavra propaganda vem do latim propagare e significando o ato de difundir, propagar, multiplicar, estender, difundir. Assim, fazer propaganda é propagar ideias, crenças, princípios ou doutrinas. 

Propaganda é um modo específico de apresentar informação sobre um produto, marca, empresa ou política que visa influenciar a atitude de uma audiência para uma causa, posição ou atuação.

No entanto, o sentido da palavra "propaganda" – como é usado atualmente – começou a ser esculpido no século XVIII e deriva da abreviação de Congregatio de Propaganda Fide de Cardeais estabelecida em 1622, pelo Papa Gregório XV, para supervisionar a propagação da fé cristã nas missões estrangeiras. Originalmente o termo não era pejorativo, e o seu sentido político atual remonta à I Guerra Mundial.

Eloá Muniz, em seu artigo Publicidade e propaganda: origens históricas, nos trás duas novas definições de propaganda. A primeira é do Instituto de Análise da Propaganda que define propaganda como:

“uma expressão de opinião ou ação por parte de indivíduo ou grupos, deliberadamente destinada a influenciar opiniões ou ações de outros indivíduos ou grupos relativamente a fins predeterminados”. 

A segunda é de Harold D. Lasswell, para ele: 

“a propaganda baseia-se nos símbolos para chegar a seu fim: 
a manipulação das atitudes coletivas.”

Tenho a impressão de que essas definições são tão obvias, mas no fundo se realmente as tivéssemos compreendido muitas propagadas nem seriam veiculadas porque estão longe de alcançar o seu principal objetivo: uma expressão de opinião baseada nos símbolos para chegar a seu fim.

Então, por hoje é só! Até o próximo post.




________________________________
Fontes: 
http://www.eloamuniz.com.br/artigos.php
http://pt.wikipedia.org/wiki/Propaganda
http://www.nbz.com.br/artigos/marketing/ConceitosMarketing.pdf

Nenhum comentário:

Deixe sua opinião sobre os assuntos abordados no blog. Podemos construir conhecimento por meio do debate, dos questionamentos. Vamos, participar! Estou ansiosa para saber o que você achou!

Tecnologia do Blogger.